Aven Colony

por Ana Cruz

Governar não é fácil, mas pode ser divertido

O game de simulação e estratégia Aven Colony chegou tímido, sem grandes promessas ou pretensões. Fãs de jogos como Minecraft ou Sim City vão se sentir em casa e se divertir bastante com as possibilidades de montar, administrar e evoluir sua própria colônia espacial. Porém, se você é daqueles que não é tão adepto desse estilo, há duas possibilidades: amar ou odiar.

Não espere nada muito profundo no modo campanha, você conseguirá apenas ver uma história aqui e outra ali. No final das contas, o enredo existe para enfeite, pois o foco é a sua colônia. Por isso, o ideal é seguir pelo modo sandbox, onde você escolhe o planeta de sua preferência e conta com algumas missões específicas, como por exemplo construir uma base para os imigrantes, uma estação de pesquisa científica, ganhar uma eleição, entre outras.

A variedade de coisas para se fazer no jogo é grande, principalmente quando se trata da população e do meio ambiente do planeta onde sua estação espacial está instalada. Você não precisará criar apenas casas e empregos, mas também hospitais, parques, estações de água, purificadores de ar, fazendas e estufas, tudo o que é importante para deixar o povo feliz e saudável. Com a população contente, você continua como governador – se perder a eleição, é game over.

É muito fácil perder o controle de tudo, fazendo com que a população se vire contra você. Caso o jogador sofra um impeachment, é fim de jogo!

Outra coisa que você terá que se preocupar é com a mãe natureza, não se trata apenas do clima, como verão e inverno, mas também de outros perigos, como gases tóxicos, chuvas de meteoros e o ataque das feras locais. Todas essas ameaças podem danificar sua cidade e você precisa consertá-la o mais rápido possível, principalmente quando se trata de energia elétrica, filtros de ar e distribuição de água.

Parece ser uma coisa chata e até entediante, mas a medida em que se vai jogando, algumas surpresas são encontradas. Principalmente quando o jogador começar a perceber que a colônia vai crescendo e ainda se tem o controle da situação, conseguindo resolver um contratempo climático, catastrófico ou populacional.

Uma dica é focar no que é importante para a colônia e ir fazendo as missões aos poucos, pelo menos até saber como criar os nanites com mais rapidez, pois eles são essenciais para construções, reparos e upgrades das instalações. Sem eles, você pode correr o risco de perder alguma fonte de energia, água ou de ar, caso aconteça alguma catástrofe na sua estação.

Você poderá escolher o nível de dificuldade, mas independente disso, é um grande desafio. É muito fácil perder o controle de tudo, fazendo com que a população se vire contra você, e se sofrer um impeachment, é fim de jogo! A trilha sonora é esquecível, mas não interfere na jogatina, tanto que você nota mais o som ambiente e as falas dos seus habitantes. Os gráficos atendem bem às expectativas e os ambientes são variados, mas nada muito impressionante. Infelizmente não há legendas e nem menus em português.

Aven Colony tem uma mecânica simples, porém com um alto nível de dificuldade, sem ser muito longo nem enjoativo. Os amantes de jogos de simulação de sobrevivência vão adorar essa nova experiencia espacial, mas precisam se preparar para os desafios que virão.

O jogo foi analisado no PlayStation 4, em cópia cedida pela Mothership Entertainment.

Publicidade