Desrespeitando qualquer lógica de cronograma, a Capcom liberou no dia 6 de agosto os dois últimos personagens para Street Fighter V Arcade Edition, um dia depois de terem seus trailers divulgados na final da EVO 2018. Isso acabou deixando incerto se a terceira temporada foi encerrada ou se teremos mais novidades ainda neste ano, mas, por ora, vejamos quem é esse que se auto-denomina o Presidente da Terra.

Um cara esquisito, de dois metros de altura, cartola alta, com pedaços do corpo dourado e fazendo lives por canais de vídeo não-populares, com um discurso de que todos na Terra são irmãos e fazem parte do corpo dele. Um lunático que era fácil de ser ignorado até Rashid ter dado bola pra ele e, num desafio, acabou perdendo, rendendo muitos views e a atenção de milhares de pessoas, incluindo outros lutadores e claro, apoiadores na internet. G é uma pessoa que manifesta poderes baseados no ouro e na erupção vulcânica e tem relação com outro misterioso lutador de Street Fighter, o Q, que estreou no Street Fighter III 3rd Strike, em 1999.

Apesar do discurso de união fraternal e proteção do planeta, G é sempre retratado com uma intenção maligna, por ser ambicioso e representado pelo metal que desperta a cobiça nos homens, o ouro. Essa postura incoerente com as próprias palavras fez Rose e Menat estrarem em alerta sobre esse YouTuber metido a presidente do planeta, que pretende fazer alianças políticas pelo mundo afora e já conquistou algumas, incluindo personagens como Dan, Hakan e Elena, mostrando mais uma vez seu desejo de dominação global. É certamente um grande rival para M. Bison e Gill.

Papinho de político à parte, G tem uma relação com o misterioso personagem Q, um mascarado que parece um robô vestindo sobretudo e chapéu, muito parecido com sua roupa alternativa, que possui alguns golpes iguais e outros similares. O protagonista é mil vezes mais fácil de se jogar do que seu semelhante, mas menos letal, em compensação.

De referências externas, podemos ver que G é uma mistura de Tio Sam com Abraham Lincoln, com uma pitada do Greg de Bloody Roar, mas usando os poderes de Ingrid, personagem misteriosa que apareceu em Capcom Fighting Jam e, depois, em Street Fighter Zero 3 como heroína mística. Ele também traz inspiração no personagem Anthonio Zepelli, de JoJo’s Bizarre Adventure.

G é um personagem com velocidade mediana e muito alcance em seus ataques normais, principalmente os fortes, onde é possível criar poderosos combos a média distância. Como muitos Super Golpes, contém um impulso para a frente, então, se aproximar do oponente não será problema.

Sua magia é eficiente e ineficiente ao mesmo tempo (projétil de Schrodinger?), por ter uma trajetória descendente na diagonal e não ir muito longe, mas em níveis maiores de evolução, chega a espirrar lava nos oponentes e acertar até três vezes sem gasto de barra de Super, bastando estar presidencialmente evoluído. Sim, a técnica de luta de G se chama “Presidencialismo”.