LEGO DC Super-Villains

por Fernando Scaff Moura

Mais um bom jogo LEGO

LEGO DC Super-Villains é mais um jogo da série de sucesso, mas, desta vez, apresentando os vilões como personagens jogáveis. O título mantém a fórmula vencedora de humor, hack’n’slash e fases interessantes para prender o jogador e fazer a história progredir.

A novidade aqui são os protagonistas “malvados” que, por conta do desaparecimento dos heróis, devem resolver o problema e salvar o mundo, mas, claro, sem precisar seguir na linha. Tudo é possível na mente maluca desses seres do mal e num mundo de blocos coloridos.

A arte é similar ao outros jogos da série, bonita e eficiente. A parte de montar seu personagem segue interessante como sempre, pode-se perder um bom tempo brincando de criar seu vilão que, logo você descobre, tem uma característica única: absorver outros poderes.

Para avançar nas fases é necessário colocar o personagem correto no lugar certo e, para isso, é preciso trabalhar em equipe. O jogo permite jogar em duas pessoas com a tela dividida, o que torna tudo ainda mais legal e interessante.

LEGO DC Super Villains

A história do jogo é bastante engajante e faz muito sentido. Os vilões estão espalhados pela cidade, enquanto o Comissário Gordon está nas ruas tentando prender Lex Luthor, Mercy Graves e Você. É possível trocar entre os personagens e explorar o cenário com eles, existem algumas diferenças legais mas a maioria faz a mesma coisa, apenas algumas habilidades de interação com objetos os diferenciam e, por vezes, exigem um personagem específico para destravar o caminho.

LEGO DC Super-Villains mantém a fórmula vencedora de humor, hack’n’slash e fases interessantes para prender o jogador e fazer a história progredir.

Após esse começo em que você e seus companheiros estão sendo presos, outros vilões acabam se juntando à festa. Solomon Grundy e Cheetah aparecem do outro lado da prisão para ajudar no resgate a um vilão terrível. O jogo segue para a história de Coringa e Harley Quinn, onde um roubo está acontecendo, para, enfim, a história começar, depois de o jogador já ter brincado com diversos personagens e poderes.

Heróis de outra dimensão, muito parecidos com os da Terra, surgem para dar um alerta. Porém, em um truque traiçoeiro, eles conseguem aprisionar toda a Liga da Justiça e que, agora, serão eles a tomarem conta do pedaço. A Arlequina viu o que aconteceu e está desconfiada de que grandes problemas irão cair sobre todos os vilões em breve.

No PC, se controla o personagem pelo WASD e os botões de ação são UHJK, ou seja, as mãos ficam próximas demais e é comum errar uma tecla em um momento delicado. Sem dúvida, o jogo foi pensado para os controles de console e a versão para computadores só adaptou os comandos, ficando estranha de se jogar. Ainda assim, é uma alternativa interessante mesmo nessa plataforma.

LEGO DC Super Villains

LEGO DC Super-Villains tem um narrativa misteriosa e fases divertidas, cheias de reviravoltas. Perfeito para toda criança ou pessoas que estão aprendendo a jogar video game, mas também um jogo deliciosamente casual para relaxar daqueles mais pesados.

O game foi testado no PC, em cópia cedida pela Warner Bros. Games.

Publicidade