Crash Bandicoot foi criado pela respeitadíssima Naughty Dog. Em 1996, nasce o primeiro jogo dessa trilogia que é amada por muitos, além de trazer aquele que, quase, foi mascote da Sony. No começo da franquia, a jogabilidade era simples, mas foi evoluindo conforme novos jogos eram lançados. Com o passar dos anos, Crash passa de um corredor maluco, que gira de vez em quando, para um velocista que dá saltos duplos e ainda pode ter uma bazuca.

Um sucesso de vendas e críticas, o marsupial australiano logo conquistou seu espaço no mundo dos games. Crash Bandicoot acabaria se tornando um marco para o PlayStation, e, inclusive, foi “garoto propaganda” da empresa, além de bater de frente com a franquia de maior sucesso da Nintendo, o amado Super Mario.

Então, vamos relembrar um pouco os jogos da trilogia clássica do nosso querido Crash. Avisando: Mesmo o jogo sendo de 1996, alguns podem não ter jogado ainda, então, cuidado com spoilers.

Crash Bandicoot

O jogo se passa nas Ilhas Wumpa, localizada na Austrália. Doutor Neo Cortex e Nitrus Brio planejam criar um exército de animais modificados para poder dominar o mundo, mas um dos experimentos dá errado; Adivinham qual? Sim, o querido Crash!

Você se lembra de Crash Bandicoot?

Ele ganha habilidades, mas não é “infectado” com maldade. O personagem consegue escapar, mas sua namorada, Tawna, acaba ficando em cativeiro. Então nosso herói vai a seu resgate, mas para isso, acaba invadindo a ilha, que pertence ao chefe Papu Papu, que apesar de não ser aliado ao N. Cortex, manda seus bichos atacarem Crash. Mas o personagem não está sozinho nessa jornada, pois ele terá a ajuda do bruxo Aku-Aku, apelidado carinhosamente pelos fãs de Budega.

Apesar de poucos aliados, Crash Bandicoot tem uma longa lista de inimigos, além de Neo Cortex, ainda temos: Papu Papu, chefe de uma tribo, o maluco Ripper Roo, o fortão Koala Kong, e o rato gangster Prinstripe e por último, mas não menos importante, Dr. Nitrus.

Crash destrói o laboratório de Cortex no final, derruba o doutor do dirigível dele, salva Tawna e vive feliz para sempre… por enquanto.

Crash Bandicoot 2: Cortex Strikes Back

Após ser derrotado por Crash, Neo Cortex acaba caindo dentro de uma caverna nas ilhas N. Sanity Beach. Lá, encontra um cristal roxo e imediatamente planeja um novo golpe. Um ano se passa, Crash está aproveitando suas férias com sua irmã caçula, Coco. Após acabar a bateria do seu notebook, ela pede a ele que busque uma nova.

Você se lembra de Crash Bandicoot?

Crash, como todo bom irmão mais velho, vai buscar a bateria para a menina, mas acaba sendo abduzido por Cortex, que diz a ele que Dr. Nitros planeja destruir o planeta, criando uma arma a laser. Para impedi-lo, 25 cristais que estão espalhados pela ilha precisam ser coletados.

Por outro lado, Dr. Nitros diz a Crash coletar diamantes, para que ele possa criar um canhão e destruir a base espacial do Neo Cortex. Porém, mesmo se fazendo de bonzinho, Nitros acaba mandando Tiny Tiger, um leão bombado, para impedir que Crash acabe pegando os cristais roxos.

Você se lembra de Crash Bandicoot?

Mas muitos sabem que Cortex é um verdadeiro cretino. Quem revela as verdadeiras intenções do doutor ao Crash é Coco. Na verdade, o plano do cientista, junto com o Dr. N. Gin, era criar uma nova máquina que fizesse uma lavagem cerebral nos animais, mas para funcionar eram necessários 25 cristais roxos. Sabendo dos planos de cientista malvado, Crash derrota o doutor N. Gin, dá uma surra em Neo Cortex, e, então, se une à irmã e Dr. Nitros para destruírem a base espacial do mal.

Mas isso não é tudo, o pior inimigo estava por vir…

Crash Bandicoot 3: Warped

O jogo se passa logo depois do final do segundo. Um dos pedaços da estação espacial do Neo Cortex cai em uma caverna e liberta uma mascara com um espirito maligno, Uka-Uka. O vilão fica nervoso por Cortex ter perdido os cristais e os diamantes, fazendo com que a busca, agora, não seja mais pelos locais da ilha, mas sim pelo espaço-tempo contínuo. Great Scott!

Você se lembra de Crash Bandicoot

Então Aku-Aku manda Crash e Coco, agora jogável, viajarem no tempo, através de portais, para resgatarem as joias. Uka-Uka não esperava entrar na batalha, pois tinha como aliado o Dr. N.Gin, mas esse fora derrotado pela menina. Então, após Crash recuperar os cristais, Uka-Uka e Neo Cortex se obrigam a lutar contra os protagonistas, para que não tenham seus planos destruídos.

Mas o lado do bem vence, para a lamentação do Neo Cortex, e Uka-Uka promete vingança. Ambos acabam fugindo em um portal do tempo.

A evolução de Crash

No primeiro game, a jogabilidade é mais simples, temos um pulinho, uma rasteira aqui, um redemoinho lá, e claro que não podemos esquecer da boa e velha barrigada. Os controles respondiam bem aos comandos, então isso não era problema. Entretanto, a dificuldade absurda do primeiro game irritava muitos jogadores.

Já em Cortex Strikes Back, tínhamos uma variedade maior de cenários, como florestas, geleiras, esgotos, todos os quadros são divididos em cinco andares, além de um extra. Houve também uma grande melhoria gráfica, além da introdução de uma quantidade maior de personagens, tanto aliados como inimigos.

Você se lembra de Crash Bandicoot?

Warped, por outro lado, foi um show de novidades, com novas habilidades como a super-corrida, barrigada potente, pulo duplo, redemoinho prolongado, além do melhor, a bazuca atiradora de pêssegos. Durante o jogo, viajamos por diversos locais, como o Antigo Egito, a China do século XVII, Idade-Média, Pré-História, Rota 66, Arábia e Europa, na Primeira Guerra Mundial. Além de, claro, as cidades futurísticas como Gone Tomorrow e Future Frenzy. Ainda por cima, em termos de batalha contra os chefes, temos o mais variados tipos, desde o simples golpe de redemoinho até a necessidade de entrar em uma nave e dar tiro no robô no espaço.

Você se lembra de Crash Bandicoot?

No terceiro jogo da franquia, ainda temos fases diferenciadas como a do jet-ski, de Coco na época dos piratas, aviões da Primeira Guerra Mundial, moto nos anos 60, além da fase do queridinho Pura, um tigre muito fofo.

Todos os jogos tê, ainda,m um final extra, caso o jogador consiga alcançar os 100%. Além do fato que de você vai querer morrer inúmeras vezes, para ver os diferentes tipo de animação, quando algo de ruim acontece ao Crash, principalmente em Warped.

Vai ter Crash sim!

Quando pensávamos que não haveria mais nada sobre o personagem, eis que na E3 2016, durante a conferência da Sony, tivemos uma surpresa: uma remasterização para o PlayStation 4. Sim, os jovens que nunca conseguiram jogar Crash terão essa oportunidade. Já os mais experientes, poderão se divertir novamente com o game.

Infelizmente ainda não há uma data certa do lançamento, nem sabemos se alguém está trabalhando em um jogo novo. Mas Crash está de volta ao seu lar. Só espero que depois desse remaster, também apareçam novidades.

Encontrou um erro?

Envie um email para contato@newgameplus.com.br com a URL do post e o erro encontrado. Obrigado! ;-)